Ao denunciar PT, Rodrigo Janot tenta desviar o foco, analisa Fernando Mineiro

setembro 12, 2017


O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) avaliou a atitude do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao incluir nomes petistas como os dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff no que chamou de “quadrilhão”, suposto esquema de desvios na Petrobras que teriam gerado R$ 1,48 bilhão aos bolsos dos petistas em propinas. Para o parlamentar, o procurador buscava apenas desviar o foco da polêmica exposta pela mídia de que Janot teria negociado delações com a JBS de Joesley Batista.
“O Janot depois que teve seu nome envolvido na delação do Joesley Batista e toda aquela confusão, saiu atirando fecha para tudo o que é lado. Pelo fato dele ter requentado esta denúncia, essa é a única explicação que vejo. Faz parte do espetáculo que ele promoveu”, disse Mineiro, em entrevista concedida ao Portal Agora RN/Agora Jornal.
Questionado se ele acha que o PT vem sendo foco principal de Janot, Mineiro afirmou que não há espaço para “achismo”, uma vez que “as estatísticas mostram” isso. “Os fatos estão aí. Vamos pegar quantas denúncias ele já fez contra o PT e os os outros partidos e ficará mais do que claro. Não é questão de achar – é estatística”, concluiu o parlamentar.

Via Agora RN

Você pode gostar também..

0 comentários

Sobre Nos

Notícias de Caicó, região do Seridó, Rio Grande do Norte, Brasil e do Mundo!

Nosso Facebook